sexta-feira, 30 de outubro de 2009

Piorando as coisas

Requião foi até a Assembleia e tentou explicar as declarações homofóbicas da ‘escolinha’ da última terça-feira, mas acabou piorando as coisas.
Em tom de deboche, colocou em dúvida a opção sexual do deputado Professor Lemos (PT), que usou a tribuna na tarde de ontem para reivindicar direito de resposta para os representantes da comunidade LGBT. “Minhas políticas sociais em relação as minorias existem desde a época em que era prefeito. O que quis fazer foi uma advertência quanto ao uso de hormônios femininos e implantes de silicone, que podem ser perigosos. E um alerta também aos homens que podem ser vitimas do câncer de mama. Iniciamos uma campanha contra o câncer de mama e, com tudo isso, a má fé dos críticos, o que eu consegui foi tornar a campanha extraordinariamente conhecida”, começou Requião, em entrevista a rádio Banda B.
Na sequência, o governador acabou perdendo a linha. “Agora já disse a vocês que quero pedir desculpas ao Lemos, o deputado. Nunca imaginei que fosse mexer com suas opções sexuais. Ele pra mim é respeitado como pessoa humana. Que se me dá qual é a opção sexual do deputado Lemos. Agora recomendo a ele: não use hormônio feminino que pode ser perigoso e não faça implante de silicone. E rapidamente, do ponto de vista da prevenção, faça um exame de mama, pra ver se não tem nenhum problema”, afirmou

Nenhum comentário:

Postar um comentário

;