sexta-feira, 29 de janeiro de 2010

Indecisão

O senador Osmar Dias (PDT), que esteve com a ministra/presidenciável Dilma Roussef (PT), garante que não está fechada a aliança entre pedetistas e petistas para disputa do governo do Paraná.
Pelo discurso adotado, Dias não abrirá mão de aguardar até que o PSDB anuncie o nome do seu candidato ao Palácio das Araucárias, provavelmente no próximo dia 8, para confirmar a aliança com o PT.
O senador quer usar durante a campanha o argumento de que não foi ele quem rompeu a “Grande aliança”.
“Antes de fechar as alianças temos que discutir um plano de governo. Temos que dar um passo de cada vez, se não você tropeça. No almoço só foi tratada a questão nacional. As alianças nos estados não foram debatidas”, afirmou em entrevista . O ministro Paulo Bernardo (PT) esperava um retorno melhor da conversa entre o senador Osmar Dias (PDT) e a ministra Dilma Roussef (PT). Os petistas estão impacientes com tanta indecisão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

;