segunda-feira, 1 de novembro de 2010

DILMA A 1ª MULHER PRESIDENTE DO BRASIL


Dilma Vana Rousseff (PT), 62 anos, foi eleita neste domingo (31) a primeira mulher presidente do Brasil. Com 92,53% dos votos apurados, às 20h04, o Tribunal Superior Eleitoral informou que a petista tinha 55,43% dos votos válidos (excluídos brancos e nulos) e não podia mais ser alcançada por José Serra (PSDB), que, até o mesmo horário, totalizava 44,57%
Sem nunca ter ocupado um cargo eletivo, a ex-ministra da Casa Civil Dilma Rousseff transformou-se neste domingo na primeira mulher presidente do Brasil. Dilma foi confirmada a vencedora da disputa mais agressiva das últimas décadas às 20h04, quando a apuração feita pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) contava 91,2% dos votos apurados. Naquele momento, a petista registrava 55,3% dos votos válidos, contra 44,6% contabilizados pelo adversário, o tucano José Serra. No início da madrugada desta segunda, com 99,99% dos votos apurados, Dilma acumulava 56,05% dos votos válidos (55.748.472 votos) e José Serra, 43,95% (43.708.375).
Em sua primeira declaração depois do resultado das urnas, Dilma agradeceu aos eleitores que lhe dedicaram o voto. "Estou muito feliz e agradeço aos brasileiros e brasileiras. Vou honrar esta confiança que recebi", afirmou, em uma rápida declaração dada pela janela do carro, em Brasília.
Com a voz embargada, a petista disse que vai buscar a ajuda de Lula sempre que julgar necessário. "Baterei muito à sua porta e tenho certeza e confiança que a encontrarei sempre aberta", afirmou a petista, sob aplausos da plateia de militantes petistas que participou da festa organizada em um hotel em Brasília. "Sei que a distância do cargo nada representa para um homem de tamanha grandeza e generosidade", emendou. Segundo Dilma, a tarefa de suceder a Lula é "difícil e desafiadora".

Nenhum comentário:

Postar um comentário

;